Confirmação

______________________________________________________________

 

 

______________________________________________________________

 

“Quando os Apóstolos, que estavam em Jerusalém, tiveram conhecimento de que Samaria recebera a Palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João. Estes rezaram pelos samaritanos para que recebessem o Espírito Santo que, na verdade, não descera ainda sobre nenhum deles. Haviam apenas recebido o Batismo. Pedro e João impuseram as mãos e eles receberam o Espírito Santo”.  (Atos 8:14-17)

 

______________________________________________________________

 

A Confirmação é o sacramento do Espírito Santo por excelência porque concede os dons enumerados no artigo Dons e Frutos do Espírito Santo. Candidatos devem estar no estado de graça para receberem eficazmente o s“conhecacramento. Na Confirmação cumprem-se as palavras de Cristo ereis a verdade e a verdade libertar-vos-á” (João 8:32), porque o sacramento permite aos Cristãos comunicar diretamente com o Espírito Santo.

A vida e a missão de Cristo estiveram sempre em perfeita comunhão com o Espírito Santo. Os Apóstolos receberam o Espírito Santo no Domingo de Pentecostes, e concederam o mesmo Espírito aos novos cristãos por imposição de mãos. A Igreja Católica continua guiada pelo Espírito e a concede-Lo aos seus filhoa. A Igreja não reconhece Confirmação Protestante.

A cerimónia fundamental do sacramento da Confirmação é a unção da fronte com crisma, óleo sagrado na Quinta-Feira Santa pelo bispo diocesano, e a imposição da mão do bispo com as seguintes palavras: Recebe o sinal do dom do Espírito Santo. O ministro da Confirmação é geralmente o bispo diocesano, que pode delagar para um padre. Adultos convertidos ao Catolicismo e a crianças em perigo de vida são geralmente batizadas e confirmadas por padres.  Católicos podem receber a Confirmação uma única vez, porque o sacramento imprime carácter.

Candidatos à Confirmação devem:

 

•Estar registados e participar ativamente numa igreja católica, incluindo a participação na missa dominical.
•Apresentar uma cópia do certificado batismal.
•Frequentar com regularidade as sessões de Preparação para a Confirmação para adultos.

 

Cada candidato ao sacramento da Confirmação deve apresentar um padrinho, um católico confirmado e praticante, que não sejam os pais do candidato. O padrinho ou a madrinha do Batismo é ideal porque a Confirmação complementa o Batismo na prática do Catolicismo nos adultos. Geralmente, os padrinhos são do mesmo sexo dos adolescentes, porque os padrinhos são companheiros de jornada.

O efeito da Confirmação é semelhante ao Pentecostes:

 

•Arraiga profundamente a filiação divina que nos permite chamar “Abba Pai” (Romanos 8:15);
•Une-nos fortemente a Cristo;
•Aumenta os dons do Espírito Santo;
•Aperfeiçoa a nossa união com a Igreja;
•Recebemos força especial do Espírito Santo para defendermos a Fé através da palavra e da ação como verdadeiras testemunhas de Cristo e da Sua Igreja.

 

______________________________________________________________

This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.