Virtudes Cardinais: Virtudes Morais Primárias

______________________________________________________________

 

 

______________________________________________________________

 

As Virtudes Teologais, Esperança e Caridade, são dons de Deus recebidos no Batismo para moral natural, e participação na natureza divina.

As Virtudes Cardeais — prudência, justiça, fortaleza e temperança — agrupam todas as outras virtudes morais, e representam a base da moralidade natural sob o impulso do raciocínio das virtudes teologais.

Aristóteles definiu a prudência como a “correta razão aplicada à prática”. A virtude que nos permite julgar certo e errado numa determinada situação pertence ao intelecto aplicado à prática, e podemos desenvolve-la através da experiência. Deus infunde a prudência através das virtudes teologais.

A justiça é a vontade de honrar os direitos de qualquer pessoa.

A Fortaleza, fundamentada e razoável, permite aos seres humanos superar o medo e permanecer determinados perante obstáculos, e é a força para implementar as determinações da prudência e da justiça.

A temperança modera desejos por bens legítimos, como a comida e a bebida. A fortaleza controla o medo irracional, enquanto a temperança controla os desejos irracionais.

This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.

1 Response to Virtudes Cardinais: Virtudes Morais Primárias

Comments are closed.