HUMILDADE

______________________________________________________________

 

 

______________________________________________________________

 

A humildade coloca Deus e o próximo à frente dos nossos interesses egoístas; em vez de, “eu primeiro”, a humildade permite-nos dizer, “Não, você primeiro, meu amigo,” incentiva-nos a atender às necessidades e exigências do próximo.

A humildade é um importante tema bíblico porque permite paz e harmonia, dissipa a raiva e cura feridas antigas, considera a dignidade humana e distingue líderes prudentes dos arrogantes. A humildade não nega o valor próprio, antes afirma o inerente valor humano.

 

“Melhor é ter espírito humilde entre os oprimidos do que partilhar despojos  com os orgulhosos” (Provérbios 16:19).

 

A sabedoria não pode ser encontrada ou praticada através de arrogância ou raiva.  A humildade gera sabedoria e o orgulho gera desonra.

 

“O maior entre vocês deverá ser servo.  Pois todo aquele que a si mesmo se exaltar será humilhado, e todo aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado”  (Mateus 23:11-12).

“Chamando uma criança, colocou-a no meio deles, e disse: “Eu lhes asseguro que, a não ser que vocês se convertam e se tornem como crianças, jamais entrarão no Reino dos céus.  Portanto, quem se faz humilde como esta criança, este é o maior no Reino dos céus”  (Mateus 18:2-4).

 

A Regra de Ouro contém imensa sabedoria. Se quisermos ser amados, é preciso amar. primeiro. Se quisermos que nos respeitem, devemos respeitar, mesmo aquelas que nos desprezam. Se quisermos ser bem sucedidos, devemos partilhar generosamente.

Palavras podem influenciar relações humanas, incluindo a guerra ou a paz, porque as palavras que dizemos ou escrevemos têm tremendo poder sobre o bem e o mal.  Mexericos são atos de hostilidade destinados a prejudicar reputações, e devemos prevenir e evitar assassinato de caráter. Devemos procurar virtudes no próximo e corrigir os nossos vícios, porque o julgamento pertence a Deus.

Ninguém nos irrita, porque a ira é a nossa resposta emocional a acontecimentos, e às vezes é baseada numa interpretação errada de eventos. A raiva pode bloquear comunicação e aumentar hostilidades.

É fácil reagir a aborrecimentos e desapontamentos da vida com raiva.  Reage com compreensão e empatia, porque podemos resolver disputas e evitar que pequenos incidentes se transformem em grandes conflitos. O comportamento humilde impede disputas e ressentimentos.

 

“O tolo dá vazão à sua ira,mas o sábio domina-se”  (Provérbios 29:11).

“Meus amados irmãos, tenham isto em mente: Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se, pois a ira do homem não produz a justiça de Deus”  (Tiago 1:19-20).

 

O rancor rouba-nos energia, consome-nos com ódio, e prejudica o gozo da vida. O ressentimento obscurece o nosso julgamento e pode levar-nos à vingança. Guardar rancor e procurer vingança nunca são respostas adequadas. Jesus pediu-nos para  reconciliar com nossos adversários, perdoar as suas transgressões e dissipar a raiva.

 

“Não procurem vingança, nem guardem rancor contra alguém do seu povo, mas ame cada um o seu próximo como a si mesmo. Eu sou o Senhor” (Levítico 19:18).

“O homem irado provoca brigas, e o de génio violento  comete muitos pecados” (Provérbios 29:22).

 

É fácil responder à raiva com mais raiva, mas quando respondemos à raiva com empatia e amor, podemos quebrar um ciclo de ódio e converter os nossos inimigos em amigos. Jesus ensinou-nos a amar os nossos inimigos.

 

­­­­­­­­­­­“Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos. Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa vocês receberão? Até os publicanos fazem isso! E se saudarem apenas os seus irmãos, o que estarão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso! Portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês” (Mateus 5:43-48).

 

______________________________________________________________

This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.