Reino de Amor, Misericórdia e Perdão

 

Um dos criminosos que estavam crucificados ali insultava Jesus, dizendo:

— Você não é o Messias? Então salve a você mesmo e a nós também!

Porém o outro o repreendeu, dizendo:

— Você não teme a Deus? Você está debaixo da mesma condenação que ele recebeu.  A nossa condenação é justa, e por isso estamos recebendo o castigo que nós merecemos por causa das coisas que fizemos; mas ele não fez nada de mau.

Então disse:

— Jesus, lembre de mim quando o senhor vier como Rei!

Jesus respondeu:

— Eu afirmo a você que isto é verdade: hoje você estará comigo no paraíso.

(Lucas 23:39-43)

O comportamento dos criminosos é um exemplo singular da resposta da Humanidade a A Misericórdia Infinita de CristoGraça, um presente espontâneo da misericórdia de Deus para salvar a Humanidade, estava a jorrar quando os ladrões conversavam com Jesus prestes a expirar na cruz para redimir a Humanidade. Um deles aproveitou a fonte da misericórdia infinita, mas o outro não, porque a atitude humana pode abrir ou fechar uma pessoa à graça divina. O bom ladrão mostrou o Temor de Deus, reconheceu Cristo como o Messias e salvador da Humanidade e implorou a Sua misericórdia. O bom ladrão aspirava o Céu, o Reino do Amor, Misericórdia e Perdão, enquanto o outro ladrão desejava a Terra manchada pelo pecado e carregada de ódio.

A geração atual de A Segunda Vinda de Cristo também experimentará a Misericórdia Infinita de Cristo na próxima Iluminação da Consciência.  “Todas as pessoas com mais de 7 anos terão um encontro místico privado com Jesus Cristo que durará até 15 minutos”, informa o artigo O Aviso.  Irmãos, comportemo-nos diante de Cristo como o bom ladrão na cruz e permaneçamos no estado de graça para sermos admitidos diretamente no Céu na Segunda Vinda de Cristo. Que graça tão maravilhosa!

Jesus acredita que és filho de Deus, infinitamente valioso, e livre para escolher entre Deus e Satanás. Acreditas tanto no teu valor como Jesus acredita? Irmãos, vamos assumir a nossa nobreza e escolher Deus e o Seu Reino de Amor, Misericórdia e Perdão.

Participei da Hora Eucarística da nossa paróquia, a Igreja de São Eduardo, Providence, RI, no Sábado, 17 de Junho de 2017.  Antes de sair da igreja, olhei atentamente para a hóstia e perguntei a Jesus se queria dar uma mensagem aos leitores do meu blog. Cristo insinuou instantaneamente, claramente e inequivocamente na minha mente: “Procurem-Me tanto quanto Eu vos procuro!

This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.

One Response to Reino de Amor, Misericórdia e Perdão

  1. Lenora says:

    Wow that was odd. I just wrote an extremely long comment
    but after I clicked submit my comment didn’t show up. Grrrr…
    well I’m not writing all that over again. Anyhow, just
    wanted to say superb blog!

Comments are closed.