Locução de Jesus sobre a Sua Igreja

 

 

Então Jesus foi com seus discípulos para um lugar chamado Getsêmani e lhes disse: “Sentem-se aqui enquanto vou ali orar”.  Levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se.  Disse-lhes então: “A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem comigo”.

Indo um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto em terra e orou: “Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres”.

Depois, voltou aos seus discípulos e os encontrou dormindo. “Vocês não puderam vigiar comigo nem por uma hora?”, perguntou ele a Pedro.  “Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca.”

E retirou-se outra vez para orar: “Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade”.

Quando voltou, de novo os encontrou dormindo, porque seus olhos estavam pesados. Então os deixou novamente e orou pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras.

Depois voltou aos discípulos e lhes disse: “Vocês ainda dormem e descansam? Chegou a hora! Eis que o Filho do homem está sendo entregue nas mãos de pecadores.  Levantem-se e vamos! Aí vem aquele que me trai!” (Mateus 26:36-46)

______________________________________________________________

Acordei na madrugada de Sábado, 15 de Setembro de 2018, com a Agonia de Jesus na mente como o pano de fundo emocional de uma Locução de Jesus sobre a Sua Igreja. Sinceramente, Jesus sofria de profunda depressão e ansiedade quando comunicou comigo:

“Estou tão triste com a Minha Igreja, particularmente com o clero. O filho de Satanás aparecerá em breve no mundo e dentro de alguns anos sentar-se-á na cadeira do meu amado Pedro. Terei que renovar a Minha Igreja para ser novamente pura e vibrante, e entretanto encorajo a Minha Igreja Remanescente a invocar o Espírito Santo”.

______________________________________________________________

 

 

Da mesma forma o Espírito nos ajuda na nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus.

Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.  Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogénito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, também chamou; aos que chamou, também justificou; aos que justificou, também glorificou. (Romanos 8:26-30)

This entry was posted in Português and tagged . Bookmark the permalink.